Animais Peçonhentos e Venenosos: Diferenças e Exemplos


A diferença entre animais peçonhentos e venenosos é fácil de entender: animais peçonhentos podem injetar a peçonha na vítima, mas os animais venenosos não. O envenenamento acontece, geralmente, pela ingestão desses animais, pelo contato através da pele com o veneno ou pela inalação do mesmo.

Tanto a peçonha como o veneno são substâncias tóxicas e alguns tipos podem levar à morte. A peçonha, no entanto, é produzida apenas por animais através de uma glândula específica (existe apenas com essa finalidade). O veneno, por sua vez, pode estar presente em animais, plantas ou minerais e não é produzido pelo animal.

Há, também, alguns animais que possuem a glândula produtora de peçonha mas não possuem uma estrutura para inoculá-las em suas vítimas, como é o caso dos sapos que, ao serem mordidos por serpentes, liberam a peçonha através das glândulas presentes em seu dorso.

Exemplos de Animais Peçonhentos

São animais peçonhentos todos aqueles que produzem a peçonha (substância tóxica) e podem introduzi-la em suas vítimas, como:

  • Cobras: inoculam a peçonha por presas caninas ocas que armazenam a peçonha produzida;
  • Escorpiões: inoculam a peçonha pelo ferrão contido no rabo;
  • Aranha armadeira – é a mais perigosa do planeta, está presente em abundância no Brasil e ataca com agressividade até os humanos. Sua peçonha causa ereção intensa e dolorosa, impotência, dores e óbito, mas o antídoto é bastante eficaz e por isso poucas mortes devido a sua picada foram reportadas;
  • Vespas e abelhas;
  • Vespa-do-mar: espécie de medusa encontrada na Austrália, considerada um dos animais mais perigosos e mortais do planeta. Introduzem a peçonha em suas vítimas através de células presentes em seus tentáculos que funcionam como pequenos dardos.

Tipos de Peçonha:

4 tipos de peçonhas: peçonha citotóxica, peçonha hemotóxica, peçonha miotóxica e peçonha neurotóxica.

A peçonha citotóxica afeta as células, causando a necrose (morte) dos tecidos. A peçonha hemotóxica afeta o sangue e causa hemorragias, enquanto a peçonha miotóxica afeta os músculos. A peçonha neurotóxica, por sua vez, afeta o sistema nervoso.

Exemplos de Animais Venenosos

Os animais venenosos não produzem seu próprio veneno e nem podem introduzi-lo em sua vítima de maneira direta. O envenenamento acontece, geralmente, por contato da vítima com o animal ou pela ingestão do mesmo.

  • Peixe baiacu: possui uma toxina na pele de nome tetrodotoxina que é capaz de causar paralisia muscular e asfixia se ingerida;
  • Rã dardo venenosa azul: apenas 2 microgramas do veneno presente em sua pele pode matar, por contato ou ingestão, uma pessoa. No Brasil, a rã dardo venenosa azul pode ser encontrada nas florestas tropicais.