Qual a Diferença entre Ética e Moral?


diferença entre Ética e Moral. Enquanto a moral diz respeito ao conjunto de normas, princípios e valores gerais baseados nos costumes e na cultura de uma sociedade, a ética nos diz como devemos conviver em sociedade, baseados no estudo e na reflexão sobre a moral. A moral é a convenção; a ética, a reflexão.

Moral, Ética e Filosofia

A palavra moral tem origem no termo em latim morales, que quer dizer relativo aos costumes. A Ética vem do grego ethos, que significa casa, morada. Na filosofia, o termo grego significa modo de agir, conduta.

A moral é considerada a ciência dos costumes e pode ser observada desde o início da humanidade. É o saber instintivo que todos nós temos para distinguirmos o bem do mal. São as normas de conduta que seguimos, os comportamentos que adotamos mesmo quando ninguém está olhando, simplesmente porque é o correto a se fazer.

Ética Filosófica

ética filosófica é a ciência que estuda e reflete sobre a moral, o porquê de certos regras morais existirem, o porquê da sociedade seguir certos padrões comportamentais.

É a partir da reflexão sobre a moral através da ética que valores, regras e costumes dentro de uma sociedade podem ser questionados e contestados quando já estiverem ultrapassados.

Certo ou Errado?

A ética nos ajuda a fazer questionamentos tais como: “Isso é certo ou errado? Eu devo fazer isso? Eu posso fazer isso? Eu quero fazer isso? Como devo agir com os meus semelhantes? Como devo tratá-los?”

A ética nos revela ainda que cada moral é filha de seu tempo, que a justiça é a principal das virtudes a ser seguida e que devemos moldar nossas vontades para que elas se encaixem às obrigações sociais.

Ser Ético

Ser ético, ter uma conduta ética, é sempre refletir sobre as próprias ações, se são norteadas por valores morais, se são corretas e se contribuem para o bem-estar coletivo. É agir por convicção e inteligência, e não apenas pela simples repetição de um padrão de comportamento social.

Ética e Moral na Sociedade

Um comportamento moral é baseado nas normas e condutas que foram instituídas por uma sociedade, por uma certa cultura. A ética indica como o homem deve conviver em sociedade, como deve se comportar em relação ao outro a partir da reflexão sobre seus atos, se são morais ou imorais.

Convenhamos que, na prática, a ética e a moral se confundem, resumindo-se em agir de conformidade com as regras dentro de uma sociedade ou instituição, de acordo com os bons costumes, amparado na justiça e, sobretudo, pelo exemplo da máxima: “não faça com os outros aquilo que não quer para você”.

Exemplos Comportamentais – Ética e Moral

Ter um comportamento moral ou imoral, fazer o que é certo ou errado, depende do lugar onde você está. Ter várias esposas no Brasil é imoral e até crime, enquanto em outros países esse comportamento é legal, moral e totalmente aceito.

Quando um motorista tenta subornar um guarda de trânsito para não ser multado, ele está sendo antiético.

Entre os índios que vivem nus, esse é um comportamento aceito moralmente, pois é cultural, visto com naturalidade, baseado nos costumes daquele povo.

Ocupar vagas de estacionamento reservadas para deficientes físicos, quando você não é um, é uma atitude antiética, assim como furar filas e jogar lixo no chão são atitudes imorais.

Na prática do dia a dia, os termos e definições acabam por confundirem-se, referindo-se, na maior parte das vezes, à mesma coisa.

Ética e Moral no Trabalho

Agir com moralidade e ética no trabalho é seguir certos padrões e valores determinados pela própria organização, assim como, também, pela sociedade.

A maioria das profissões e instituições possuem os seus próprios códigos de ética, cujos princípios e valores estão neles inseridos para que o trabalho tenha o melhor andamento possível, com harmonia e qualidade.

É claro que há princípios e valores que devem ser seguidos por todos: a honestidade e a confiabilidade, o comprometimento e a dedicação, a boa comunicação com colegas e clientes e a flexibilidade são alguns exemplos.

Ética e Moral na Enfermagem

A enfermagem possui seu Código de Ética Profissional que norteia os profissionais da área quanto à tomada de decisões, como lidar com os pacientes, com os colegas de trabalho e com o trabalho a ser feito. O enfermeiro deve levar em conta a dignidade humana e o seu próprio papel como um transformador da sociedade através de seus serviços.