Lambada

A lambada refere-se a uma dança alegre e sensual, de origem latina, que se dança com um par. Surgiu no Pará e ficou muito conhecida no Brasil, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país.

O termo lambada também pode ser usada para se referir a uma batida, golpe ou pancada recebida. Além disso, significa também uma censura severa, falta de compostura.

Em algumas regiões do país, lambada também é um tipo de bebida alcoólica que leva pinga, leite condensado e suco de maracujá.

Lambada de Serpente

Uma música bastante conhecida sobre lambada é o sucesso de Djavan, Lambada de Serpente, lançada em 1980:

“Lambada de serpente
A traição me enfeitiçou
Quem tem amor ausente
Já viveu a minha dor
No chão da minha terra,
Um lamento de corrente
Um grão de pé de guerra,
Pra colher dente por dente.”

Lambada Francesa

Outra música do mesmo gênero que fez bastante sucesso é a Lambada Francesa de José Orlando:

“Vem cá francesa remexe que eu quero ver
No balanço dessa lambada vamos botar pra ferver
Mais que coisa boa que bole com meu coração
Que se embola, se enrosca, se agarra
No balançê no salão.”

História da Lambada

A lambada surgiu no Pará, como uma variação do Carimbó, onde é dançada por pares abraçados ao invés de soltos.

A dança se disseminou, primeiramente, no Nordeste do Brasil e ganhou fama após a entrada de empresários franceses no ramo, na década de 1980, onde havia um enorme investimento em marketing e então as pessoas foram se interessando pouco a pouco pelo ritmo.

A lambada também teve grande presença no carnaval baiano, mas essa fase durou pouco. O ritmo se expandiu pelo mundo, fazendo-se presente em filmes e programas de auditório, com concursos e coreografias bastante ousadas, com giros e acrobacias.

Atualizado em: 31/07/2019 na categoria: Significado das principais palavras