» » » Calamidade

Calamidade

Calamidade é uma grande perda ou dano causado a algo ou a algum lugar. O termo é muito utilizado para se referir a desastres naturais, acontecimentos causadores de grande desgraça, catástrofe e sofrimento.

Calamidade Natural

Uma calamidade natural abrange somente os desastres naturais, podendo ser de natureza sísmica (terremotos ou tsunamis), fluvial (chuvas) e outros, causando mais destruição do que os outros tipos de calamidade. Quando um desastre natural ocorre em meio urbano pode causar um grande número de perdas e mortes, gerando calamidade pública.

Calamidade Pública

Quando um cidade, estado ou país declara estado de calamidade pública, geralmente é pela ocorrência de um desastre natural. Isso significa que ele não consegue resolver os problemas sozinho, ou seja, quando a destruição foi tão grande que o próprio governo não consegue lidar com a situação.

Um exemplo disso, é o que aconteceu no Haiti em 2010, deixando várias vítimas e destruição. Não havia possibilidade de se conseguir comida, água ou roupas, tornando as pessoas vulneráveis e dependentes de doações de outros país.

Calamidade Social

Calamidade social é aquela que tem como foco a sociedade e seus maiores problemas como a fome, a falta de moradia e a miséria em geral. Esses problemas estão presentes no mundo todo, onde os governos tentam amenizar a situação.

O conceito de desgraça também abrange a área social, já que as mais afetadas com todas essas situações são as pessoas. A falta de alimento e condições dignas de moradia e educação também são consideradas calamidades, mesmo sendo infinitamente mais difíceis de solucionar.

Dentre as causas da calamidade social, podemos destacar os maus governos, a corrupção, o mau desenvolvimento de um país, a falta de emprego e o mau planejamento familiar, já que ter mais filhos do que se consegue sustentar é um passo para a pobreza.

Exemplos de calamidade

Exemplos de calamidades são a fome, a miséria, desastres naturais, atentados terroristas, a guerra e outras coisas, como o furacão Katrina, que aconteceu no sul da Flórida, de 23 a 31 de agosto de 2005.

Outro exemplo é o terremoto que aconteceu em 16 de abril de 2016, no Equador, deixando 659 mortos e milhares de desaparecidos.

Estado de defesa/sítio

Outro caso é o estado de defesa ou de sítio, onde revoltas populares ou situações de guerra afetam drasticamente a vida da população. Atentados terroristas estão incluídos nesse tipo de alerta.

Atualizado em: 31/07/2019 na categoria: Geografia, Natureza