Sororidade – Por Que é Importante para o Feminismo?


Sororidade significa a aliança feminina baseada no apoio mútuo, na solidariedade, empatia e força. A sororidade é importante para o feminismo porque representa a união entre as mulheres em prol da busca pela igualdade de gênero e da conquista do seu espaço na sociedade.

Com a evolução da sociedade e do movimento feminista, o antigo conceito de que as mulheres são, naturalmente, rivais umas das outras, vem caindo por terra. Afinal, como o público feminino pode marchar na luta pela igualdade entre os gêneros se, entre as próprias mulheres, não existir união?

É natural que a identificação em massa pelo novo ideal de mulher – livre, independente, ousada, destemida e dona de si – atraia as mulheres, cada vez mais, para os mesmos espaços, para as mesmas lutas, para as mesmas conquistas.

E é por causa disso que se torna inviável continuar enxergando a outra como uma adversária, que é, na verdade, um reflexo machista de enxergar o mundo que afeta o próprio público feminino. As mulheres finalmente estão enxergando que não são concorrentes, são irmãs.

Por Que a Sororidade é Importante?

A sororidade é importante porque é através do olhar e comportamento amigável e solidário entre as mulheres e da união entre elas que a busca pelos direitos iguais e pelo fim de seu rebaixamento na sociedade ganha grandes proporções e atinge cada vez mais mulheres.

Qual é a Origem da Palavra Sororidade?

Sororidade vem da palavra em latim sóror, que significa “irmãs” em português.

O termo pode ser considerado a versão feminina da fraternidade, que é a união entre os homens, mas que se refere a todos os gêneros.

A palavra sororidade ganhou fama na internet através do movimento feminista e ainda não está no dicionário da Língua Portuguesa.