» » » Qual a Diferença entre Umbanda e Candomblé?

Qual a Diferença entre Umbanda e Candomblé?

As diferenças entre a Umbanda e o Candomblé perpassam pela suas origens, pelas divindades que cultuam, pelos locais de culto, e pelas suas crenças. As duas religiões se diferem ainda em relação aos rituais praticados em seus cultos, em relação aos procedimentos que fazem parte desses rituais, e ainda em relação aos elementos culturais que as compõe, entre outros componentes.

Ambas as religiões possuem influências africanas e cristãs, e muitas vezes são confundidas uma com a outra. Porém, elas são bem diferentes, não devendo ser consideradas como a mesma religião, como muitos acreditam.

O que é o Candomblé?

O Candomblé é uma religião de origem africana, sendo praticada no mundo todo.

A vertente brasileira do candomblé chegou ao país juntamente com os escravos africanos na época da colonização, sofrendo algumas modificações e influências de outras religiões, formando o que é hoje o Candomblé afro-brasileiro.

O Candomblé é uma religião monoteísta, que crê em um Deus único, semelhante ao Deus Cristão. Esse Deus é o criador dos Orixás, que recebem oferendas e são cultuados nos terreiros de Candomblé.
O diálogo com os orixás, no Candomblé, é feito através dos búzios. Os praticantes do Candomblé acreditam em vida após a morte, e que os espíritos podem retornar para terra para o bem ou para o mal.

O que é a Umbanda?

A Umbanda é uma religião brasileira, mais nova do que o candomblé, que acabou por misturar conceitos de diversas religiões, dentre elas a religião africana, o espiritismo, o cristianismo, e as religiões indígenas, o que é chamado de sincretismo religioso.

A Umbanda também crê em um Deus único, e cultua os orixás, como o Candomblé, mas cultua ainda as entidades, que se incorporam nos médiuns durante os rituais nos terreiros.

Para a Umbanda, os espíritos retornam a terra para ajudar os vivos. Não existem sacrifícios de animais da Umbanda. Os santos católicos são também cultuados pelos Umbandistas.

Atualizado em: 13/06/2018 na categoria: Diferenças, Religião