» » Diferença entre Urgência e Emergência

Diferença entre Urgência e Emergência

A diferença entre urgência e emergência consiste no risco que cada situação representa. Emergência é uma situação de risco instantâneo de morte ou destruição, já a urgência é uma situação de risco previsto, que pode ser resolvido em curto prazo, mas que pode se tornar emergência se não for atendida corretamente e em curto prazo.

Um caso de emergência surge de maneira repentina, sem previsões, e deve ser atendido instantaneamente, pois há risco de morte ou destruição imediata, como uma pessoa sofrendo um AVC (derrame) ou um incêndio florestal. Um caso de urgência pode ser previsto e apresenta risco futuro.

Em geral, nos hospitais e centros médicos, os pacientes são divididos em casos de urgência e emergência, porque no primeiro caso a solução pode ser em curto prazo, já no segundo deve ser imediata.

O que é urgência?

A urgência caracteriza casos em que o paciente não está em risco de vida imediato, mas em estado de alerta, porque se não for tratado em curto tempo o seu caso pode piorar, culminando até mesmo em risco de morte.

Exemplos de urgências médicas são torções, dengue em um estágio inicial, luxações e até mesmo fraturas, quando não forem tão graves ou expostas. A definição de urgência pode mudar de acordo com a área profissional.

O que é emergência?

A emergência é uma situação em que um paciente, uma propriedade ou o meio ambiente está em risco imediato de morte ou destruição em massa e deve ser socorrido rapidamente.

Algumas emergências médicas mais comuns são sangramentos excessivos, AVC, paradas cardíacas e respiratórias. Outras incluem grandes incêndios em propriedades ou florestas, pessoas em meio a desastres naturais, como tsunami e deslizamentos de terra.

Exemplos de uso de urgência e emergência

  • “Chame os bombeiros para apagar o incêndio, isso é uma emergência!”;
  • “Com essa chuva aquele morro está prestes a sofrer um deslizamento de terra, os bombeiros devem ser acionados com urgência para evacuar o local e evitar tragédias.”.
  • “Divida os casos em urgência e emergência.”;
  • “Doutor, o paciente está com parada cardíaca, é um caso de emergência.”;
  • “Fique calmo, você apenas torceu o tornozelo. Será atendido na ala de urgência.”.

Atualizado em: 13/06/2018 na categoria: Diferenças